Ministério da Cidadania, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro,
Prefeitura do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS apresentam:

5 motivos para não perder o Pitching de Startups do Rio2C 2019

O Rio2C – Rio Creative Conference, maior encontro de inovação e criatividade da América Latina, oferece grandes oportunidades para empreendedores. Uma delas é aprender, obter conhecimentos através de keynotes e painéis com grandes empresários, especialistas e pesquisadores do Brasil e do mundo. O evento reúne doze salas de conteúdo simultâneas e uma programação que engloba temas de diferentes áreas.

A outra são as diversas possibilidades de se fazer negócios. O networking é um dos pontos altos do evento, que reúne centenas de profissionais em um ecossistema voltado à inovação. Mas, para quem quiser aparecer para o mercado e estar a um passo de fechar negócios, o caminho é o Pitching de Startups.

Abaixo, cinco motivos para os empreendedores se inscreverem no Pitching de Startups do Rio2C 2019. As inscrições vão até o dia 5 de abril.

1. Os temas são abrangentes
Serão selecionados 18 projetos, divididos em seis macro temas, abrangendo um grande espectro do mercado de inovação. São eles:  

- MÍDIA E ENTRETENIMENTO (educação, gamification, plataforma de vídeo, publicidade, mídia social e VR/AR).
- OTIMIZAÇÃO DE NEGÓCIOS (IoT, SaaS/PaaS, AI, economia colaborativa, e-commerce, cibersegurança, business inteligence – dados).
- FINTECH (blockchain/crypto; insurance tech; investimentos; pagamentos; banking; robôs de investimento).
- A NOVA SOCIEDADE (construtech, smartcities, mercado imobiliário, tecnologia limpa, sustentabilidade social e ambiental, acesso à tecnologia, políticas públicas, questões sociais, sistema de inovação, atendimento a família e comunidade).
- SAÚDE E BEM ESTAR (diagnósticos, computer visioning para diagnósticos, devices de health tech, AI para saúde, wellness e mindfullness; biotech.
- ALIMENTAÇÃO (agritech, foodtech, farmtech, inovação em restaurantes e supermercados).

2. Banca de investidores anjo
As Startups vão se apresentar para uma banca de mentores e investidores anjo de renome e atuantes do mercado, muitos deles com experiências internacionais.

3. Negócios à vista
Além do objetivo de revelar empresas brasileiras inovadoras, a curadoria tem como meta gerar novos negócios. Assim, mais do que assistir ao Pitching, os participantes selecionados para compor a banca estão realmente em busca de novos projetos para investir. 

4. Bernardo Zamijovsky
O curador de Inovação do Rio2C 2019 é Diretor Administrativo do VR Investimentos Venture Capital Fund, e possui uma trajetória intimamente ligada ao mundo da Inovação e Venture Capital. No evento, ele vai destacar algumas das áreas que estão sofrendo maiores disfunções e que consequentemente trazem as maiores oportunidades. Bernardo procurou companhias que mostrassem o que está mudando na operação dos negócios, a automação das empresas, os processos financeiros, a digitalização do dinheiro, a mobilidade, nas compras, e nos itens mais básicos como saúde e alimentação. 

5. Juntar-se aos grandes
Grandes empresas e profissionais de criatividade e inovação estarão na Cidade das Artes de 23 a 28 de abril. O Rio2C promove, a cada edição, mais de 300 horas de conteúdo para um público de 8 mil pessoas.

 

 

Ministério da Cidadania, Governo do Rio de Janeiro, Secretaria de Cultura e Economia Criativa e Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro,
Prefeitura do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS apresentam:

patrocinadores

fique conectado